07 de Julho: Dia Mundial do Chocolate! Confira 5 motivos para se Deliciar no Chocolate!

capa-blog2

Você sabia que no dia 7 de julho comemoramos o Dia Mundial do Chocolate? Sim, aquelas “barrinhas” que facilmente poderiam ser chamadas de “pedaços de felicidade”. Se você, assim como eu, é um apaixonado por chocolate fica por aqui e acompanhe um pouco da história dessa iguaria. Mas se você não for tão apaixonado assim, já vou começar te mostrando 5 motivos para se deliciar em chocolate!

Chocolate ajuda o cérebro

Este alimento tão amado tem sua origem no cacau e é servido em diversas formas, cores e sabores. O que sabemos é que árvore do Cacau foi descoberta em florestas das Américas e os primeiros consumidores foram os Maias em formato de bebidas.

Mas Kaito, faz bem para o cérebro?

Uma pesquisadora australiana liderou um estudo sobre a associação do consumo de chocolate à função cognitiva, memória, concentração e raciocínio. “Descobrimos que aqueles que comeram o chocolate pelo menos uma vez por semana tiveram um melhor desempenho em tarefas cognitivas”, explicou Georgina Crichton.

Elixir dos deuses

Segundo os Maias, o chocolate é um presente de Deus para a humanidade. O nome cientifico do Cacau quer dizer “elixir dos Deuses”, e sabe aquela história de que chocolate faz mal a saúde? Não acredite cegamente nela. Quando consumido com moderação, ele só trás benefícios nas palavras de especialistas.

Faz bem para o coração

Em todos os sentidos, literalmente! Começando pelo fato que é um alimento que te abraça, na primeira mordida você já se sente mais leve.

Um estudo feito em 2017 pela Harvard, mostrou que consumir chocolate pode prevenir doenças cardíacas. O levantamento foi feito durante 13 anos com mais de 55 mil dinamarqueses entre 50 e 64 anos.

Ao cruzar dados como alimentação, prática de exercícios e estilo de vida dos participantes, os pesquisadores perceberam que aqueles que comiam chocolate (porção de 30g) uma vez por semana tinham 17% menos chance de ter fibrilação atrial, a forma mais comum de arritmia cardíaca.

Outra pesquisa, realizada por um grupo da Universidade de Cambridge, já tinha chegado a resultados animadores. Segundo o estudo, comer chocolate reduz em 37% os riscos de ter uma doença do coração e em 29% as chances de ter um AVC (acidente vascular cerebral).

Previne o envelhecimento precoce

O cacau é rico em flavonoides, compostos antioxidantes que atuam neutralizando a ação dos radicais livres no nosso corpo, que estão associados ao envelhecimento das células e ao câncer. O cacau presente no chocolate, além de ser uma fonte de energia, contém vitaminas, minerais, gorduras de boa qualidade e compostos fenólicos, que são um grupo de antioxidantes que previnem a envelhecimento celular.

Melhora seu humor

Talvez esse seja um dos efeitos mais conhecidos e imediatos de comer chocolate. Isso também explica aquela vontade de comprar uma barra nos dias tristes. Episódios relacionados com a baixa concentração no organismo de serotonina, que, entre outras funções, regula o sono e o humor. O cacau é fonte de nutrientes como magnésio e triptofano, que estimulam o organismo a produzir endorfina e serotonina, neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar, prazer e relaxamento.

Pronto, para você que ama chocolate eu acabei de mostrar que é uma “paixão justa”. E para você que sente culpa só de pensar no assunto, viu que o chocolate não é bem um vilão e, ao contrário, está associado a vários benefícios para o nosso corpo. E o segredo disso tudo, chama-se moderação! E agora, vou te dar algumas dicas de consumo para o chocolate:

Café

Impossível começar com outra combinação! É uma das melhores, você só precisa se atentar para o estilo do café: os mais tradicionais, por exemplo, tem como característica principal o amargor, a acidez e uma leve doçura no final, combinando com chocolates mais adocicados (ao leite). Já as torras claras são a companhia perfeita para chocolates amargos.

Cerveja

As cervejas artesanais estão em alta, então, você pode provar novos sabores unindo elas ao chocolate! Anota aí: chocolate branco com cervejas pouco amargas e mais frutadas; já o chocolate amargo, combina perfeitamente com cervejas de alto teor alcoólico e sabores mais intensos. Um dica: experimente uma Baden Baden Stout com um Brownie de chocolate.

Frutas

A maioria das frutas casa perfeitamente com chocolate branco: o fato do sabor azedo e intenso de algumas frutas são incríveis ao paladar quando acompanhados da doçura do branco.

Nuts

Esses combinam com todos os tipos de chocolate! Nozes, castanhas e oleaginosas em geral vão bem com todos os chocolates, são para todos os gostos.

Pimenta

Um ingrediente controverso, do tipo “ame ou odeie”! Se você tiver dúvida em qual pimenta usar, a caiena é aquela que vai dar realmente o sabor de pimenta, agora se você quer um visual diferente, sabor delicado e aroma super atraente, aposte na união do chocolate com pimenta rosa!

Vinho

Aqui é preciso buscar o equilíbrio, mas eu garanto que você terá experiências apaixonantes! Cuidado com os extemos, por exemplo: se você escolher um chocolate ao leite com vinho seco, a bebida vai ficar extremamente amarga depois da sobremesa. Vou facilitar algumas harmonizações:

Chocolate ao leite e vinho do porto – a harmonia dos açúcares;

Chocolate meio amargo e vinho tinto doce – aqui entra o equilíbrio do chocolate com o vinho;

Chocolate amargo e vinho tinto seco – aqui a semelhança vai bem! Chocolates até 70% vão bem com tintos que não passam por madeira, acima disso, aposte em vinhos com estágio em barricas.

Chocolate branco e moscatel – as borbulhas do espumante moscatel são o casamento perfeito para o chocolate branco, uma vez que são mais gordurosos, as borbulhas e a acidez do espumante ajudam a “limpar o paladar”.

Agora pode correr para esse link onde a Nestlé te ajuda a escolher os melhores chocolates: https://www.confianca.com.br/chocolates-nestle

Kaito Casagrandi

Administrador por formação e apaixonado por gastronomia, Kaito cresceu na cozinha e com o tempo acabou encontrando um universo de possibilidades dentro dela. Ele é adepto da culinária refinada, simples, sem “firulas” em cortes, formatos e afins. Saborosa, agregadora e emocionante! Onde o que realmente importa é estar na mesa com quem se gosta. Ele não cursou gastronomia e tampouco pretende se formar um “chef”. Para ele, a arte de cozinhar não vem de títulos. Ela está nas mãos e no coração! 
1 Eu gostei
0 Eu não gostei

Deixei um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *